Vereadores de Barcelos são recebidos pela Corregedoria-geral de Justiça


Ao receber a comitiva de parlamentares, a corregedora-geral de Justiça, desembargadora Nélia Caminha, enfatizou o princípio da separação e independência entre os Poderes, contudo, prontificou-se a colaborar com uma possível intermediação entre a esfera legislativa municipal e o Executivo Estadual objetivando o bem comum da população. Uma comitiva formada por 11 vereadores do município de Barcelos (distante 401 quilômetros de Manaus) foi recebida pela corregedora-geral de Justiça, desembargadora Nélia Caminha Jorge, e durante a audiência solicitou a intermediação do Poder Judiciário na tentativa de solucionar demandas relacionadas à segurança pública no município.

A comitiva foi recebida na sede do Tribunal de Justiça do Amazonas, localizada no bairro Aleixo, zona Centro-Sul de Manaus, e também participaram da reunião os juízes-corregedores auxiliares, Elza Vitória de Mello, Igor Campagnolli e Vanessa Leite Mota. Ao receber o pleito da comitiva de vereadores, a corregedora-geral de Justiça enfatizou o princípio da separação e independência entre os Poderes – o qual orienta, por exemplo, que os Poderes Judiciário e/ou Legislativo não interfiram nas decisões administrativas do Executivo – contudo, prontificou-se a colaborar com uma possível intermediação entre a esfera legislativa municipal de Barcelos e o Executivo Estadual objetivando o bem comum da população.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Barcelos, vereador Gleidson Serrão, em Manaus, os parlamentares procuraram o Poder Judiciário, assim como o próprio Executivo Estadual, objetivando solucionar questões apresentadas a eles pela população local. “Respeitamos o princípio da separação entre os Poderes e viemos, de forma harmoniosa, apresentar alguns dos pleitos da população local, na tentativa de buscar soluções para problemas frequentes, sobretudo os relacionados à segurança pública”, afirmou o parlamentar.

Segundo o presidente da Câmara Municipal, Barcelos possui, atualmente, aproximadamente 30 mil habitantes e necessita de atenção especial ao segmento da segurança pública. “Os furtos e roubos, por exemplo, são recorrentes e entendemos que há a necessidade de que o efetivo de policiais militares e civis seja ampliado, assim como há a necessidade do reforço de equipamentos, tais como viaturas e outros. Dessa forma, com uma presença reforçada do sistema de segurança, a criminalidade pode ser coibida”, apontou o vereador Gleidon Serrão.

Da mesma forma que expressaram o anseio de ver ampliado o efetivo policial, a comitiva de vereadores também apresentou como pleito a necessidade de se ter uma presença reforçada do Ministério Público Estadual na localidade, o que, segundo os parlamentares, também é um pleito da população e ampliaria a efetividade do sistema judiciário.

O presidente da Câmara Municipal de Barcelos informou que, assim como o Poder Judiciário Estadual, o Executivo também recebeu a comitiva de parlamentares. “Tivemos, da mesma forma, uma reunião com o titular da Secretaria de Estado de Segurança Pública que sinalizou com providências. Estamos, portanto, confiantes que haverá uma mobilização em prol do bem da população, que é o motivo da vinda de nossa comitiva a Manaus”, concluiu.

Além do presidente da Câmara Municipal de Barcelos, vereador Gleidson Serrão, participaram da reunião com a corregedora-geral de Justiça e com os juízes-corregedores auxiliares os vereadores Sidi Albert Fernandes, Marlos Monteiro, Diego Ribeiro, Suane Fragoso, Josias da Silva, Allen Gadelha, Francisco Militão, Franquiberto Leite, Raycka Sussuaruna e Thales Alberto Chagas. Afonso Júnior Foto: Acervo CGJ/AM SETOR DE COMUNICAÇÃO imprensa.cgj@tjam.jus.br

1 visualização0 comentário